Publicado por: David Bemfica | 13/08/2008

OBSCURANTISMO CHINÊS

Realmente não é possível fingir que estamos em clima de Olimpíadas. Por mais que a cerimônia de abertura no monumental estádio ‘Ninho de Pássaro’ tenha sido monumental, essa, que é considerada a maior Olimpíada de todos os tempos, pode ter todas a imagens de uma Olimpíada, todo o patrocínio de uma Olimpíada, toda a cancha comum de uma Olimpíada. Mas sua anfitriã, a China de hoje, nos impede de sentir o frescor harmônico dos povos que estamos acostumados a sentir de quatro em quatro anos. Por que, ao contrário de seu povo, nós, aqui do lado de fora, podemos ver melhor. Esses jogos estão tão carregados quanto o ar de Pequim.

E por isso mesmo, temos a responsabilidade que nos impede de ignorar a ignomínia que cerca a administração política chinesa e submete seu povo a um dos piores regimes do mundo. Quiçá o maior, porque abrange, aproximadamente, 1, 3 bilhão de pessoas. Displiscentemente ignorado por sua importância econômica no globo. O que torna todos seus parceiros comerciais cúmplices, de fato.

Não podemos fingir que não vemos o trabalho quase-escravo que tornou a china a ‘fábrica do mundo’, o crescimento a qualquer custo, haja vista, mais uma vez, a situação do ar de sua capital. A lúgubre maquiagem às pressas da cidade, o playback da menininha, os sorrisos ensaiados de um povo que pouco conhece a alegria da Liberdade, da livre expressão, da livre consciência.

O que tem mais impressionado é a maligna ingenuidade de Hu Jintao e seleto clube, crentes que podem esconder suas incontáveis mazelas e desrespeito aos Direitos Humanos. Fiquemos com imagens de monges tibetanos espancados ao protestarem com orações…

Como dito em post anterior, o Sagrado Fogo Olímpico da mestria  e auto-superação humana foram tristemente corrompidos, dessa vez, com uma intensão de se mascarar com tecido transparente uma realidade brutal e agora exposta aos olhos condoídos do mundo livre. E democrático.

A data 8/8/8 marca uma importante passagem para quem vive nesse mundo, muito, mas muito além de uma bonita e ensaiadíssima cerimônia.  A partir de agora tudo deve mudar, que se comece pela China deixando para trás seu obscurantismo ‘over’.

A cidade do Rio de Janeiro pretende sediar as Olimpíadas de 2016. Que aprenda com o erro alheio caso seja eleita.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: