Publicado por: David Bemfica | 21/04/2008

DENGUE EM SÃO PAULO – TRAGÉDIA CEARENSE À BRASILEIRA

Nesse domingo uns amigos perderam um grande amigo.

Rodrigo Gondim – levado pela dengue

Rodrigo Gondim Costa, 27 anos, guitarrista e compositor de Fortaleza, tinha vindo para São Paulo passar uns dias. De volta à capital cearense, sentiu grande mal-estar, como fraqueza no corpo, foi para o hospital e, infelizmente, veio a falecer por dengue hemorrágica. Deixou esposa e uma filha de oito meses.

A suspeita mais coerente é que ele pegou a doença na cidade de São Paulo.

Nesse momento só interessa o que dizem as autoridades, seja em São Paulo, no Rio ou em qualquer outro Estado, além do Governo Federal, sobre o que estão fazendo para conter o caos em praga.

Ninguém quer saber de quem é a responsabilidade. A responsabilidade é do povo e daqueles que consquistaram SUA autoridade para representá-lo. E ele, o povo, quer resultado, não quer picuinha burocrática sobre de quem é a responsabilidade.

A coisa está saindo, se é que não saiu, de controle. Os cariocas que o digam.

Além dos governantes é necessário que cada um de nós nos policiemos e policiemos o vizinho de apartamento, de casa, de quadra (quarteirão), de bairro, tudo. Sigamos o exemplo do Paraná, que está diminuindo os casos via consciência e trabalho de sua população, sempre à frente, em termos de civilidade, do restante do país. Por que isso não pode continuar assim, aumentando e matando. Epidemias simplesmente não devem existir. É uma questão básica de cidadania e administração pública. Já está na hora de aprendermos direito esses conceitos. E vivê-los plenamente. Esse ano tem eleições. Vamos praticar.

Não podemos perder gente jovem e talentosa como o Rodrigo Gondim assim. Não podemos perder nossa gente dessa forma e ficarmos à margem de ações mais efetivas. Aliás, não podemos perder nossa gente de forma alguma que não seja por causas naturais.

Para a Prefeitura do Rio de Janeiro já adianto meu voto, mesmo que simbólico, para o Deputado Fernando Gabeira. Um supra homem público.

Clipe de “ASSIM FICOU” – da banda O SONSO, com Rodrigo Gondim.


Responses

  1. Isso é o Brasil…..ainda existe morte por doenças tropicais….

  2. No Brasil todo.
    O que está sendo feito?
    Onde vamos parar?
    É simplesmente revoltante.

  3. Acordei domingo com a notícia…
    tínhamos um duo de guitarras que voltaria a ser ensaiado agora que ele chegou de viagem…grande perda,irreparável.
    o rodrigo era o cara mais dedicado à música que conheci por aqui.o conheci quando ele era ainda um metaleiro,formamos um grupo de estudos,e dei os primeiros toques de improvisação pra ele…e agora iríamos inverter:eu iria ter aulas com ele.e já tem uns oito anos que nos alternamos em diversas bandas:quando eu não podia,mandava rodrigo,e vice-versa…(numa dessas,ele conheceu o esposa)…
    o sepultamento foi muito doloroso,mesmo,apesar disso,eu,marcos maia,bob mesquita,herlon robson,bob mesquita e márcio resende tocamos durante tudo músicas que ele gostava(pat metheny,beatles,cinema paradiso,etc.)
    perdi um grande amigo,uma referência musical,um colega de duo,um confidente,um substituto,um grande artista que brilharia nacionalmente em pouco tempo-e tudo isso de uma vez,em uma pessoa só:Rodrigo Gondim.
    E fica a esposa com uma filhinha de oito meses…Força

  4. Conheci o Rodrigo por volta dos 10 anos de idade. Desde muito antes, já fazia (com muita indisciplina) aulas de piano. Apresentei o Rodrigo à minha professora de piano. Daquele ponto em diante ele começou a desenvolver todo seu talento e potencial. No Colégio e nas aulas de inglês, o Rodrigo sempre foi um cara amigo, gente boa. Agradeço até hoje pela mix tape que ele fez para mim 15 anos atrás, com Nirvana e Offspring. Tive ainda o prazer de tê-lo tocando em um barzinho que tive. Assim como Jimi Hendrix, Jim Morrison, Janis Joplin e Kurt Cobain, que morreram muito jovens (27-28 anos), Rodrigo parte cedo, deixando saudade em todos aqueles que o conheceram e que o admiravam.

  5. Para ajudar no combate à dengue,plantem citronela(a essência de citronela-cymbopogom nardus, mata larvas e pupas em 3 horas, 1 colher (sopa) para 1 litro de água,( peço que façam a experiência!),manjericão,tagetes patula,usem seus derivados(desinfetantes,essências,óleos,velas,sabonetes),deixem viver as criaturinhas,os muitos predadores do aedes:aranhas mosquiteiras,lagartixas de parede,libélulas,pássaros insetívoros,peixes guppy nos reservatórios de água,sapos,além de telar caixas dágua,eliminar possíveis criadouros, usem bacillus thuringiensis,armadilhas Adultrap prende a mosquita adulta(serão 450 ovos que deixam de criar!).Não usem veneno químico, o aedes já adquiriu resistência, mas, mata seus predadores, e assim a dengue prolifera livremente.Basta analisar:onde mais se investiu com inseticidas(Pan 2007) é onde mais aumentou casos de dengue. Os predadores são consumidores vorazes do aedes, tanto na água como em terra, muito mais eficientes que qualquer medida artificial. Pesquisem para comprovar! Perfume também espanta o mosquito.Passem nas partes descobertas. Colocar uma caneca de plástico com ½ de água e 2 gotas de essência de citronela, deixe perto da cama.O cheiro permanece até o dia seguinte e o mosquito não se aproxima.
    “O uso sem critério do fumacê causa impactos ao meio ambiente, provocando mortes de insetos polinizadores, tais como, abelhas, vespas e borboletas, além dos predadores naturais que exercem a função de controladores das populações de vetores”, afirmou.

  6. COMBATA a DENGUE:passe produtos com citronela nos pisos, vasos e ralos,para que a sua casa tenha sempre esse perfume delicioso,que repele mosquitos..Jogue água com citronela nos ralos de quintal,uma vez por semana. Use Repelente feito com 1 litro de álcool, 1 vidro de óleo de nenê, 1 pte.de cravo da Índia.Basta um pingo nas pernas e braços e o mosquito foge do cômodo.Use TRAP-exterminador de mosquito fotocatalítico,eu tenho e é eficiente,mesmo!Captura tudo que voa. Para combater os sintomas da dengue,tome PRODEN-medicamento homeopático,do Laboratório Almeida Prado.Coloque peixes guaru nos reservatórios de água;deixe viver as lagartixas de parede,são vorazes predadoras do mosquito; as pequenas aranhas, as que não tecem e vivem nos canteiros,entre pedras e folhagens.Elimine todos os criadouros,coloque detergente de cozinha(essa é nova!) em todos lugares suspeitos,tele caixas d’agua. Peguem o mosquito com as palmas ou com a raquete,ensinem isso para todos.
    Ioshiko Nobukuni – Tel: (17) 3462 6732 – E-mail: nobukunister@gmail.com
    =======================================================================

  7. […] tempo: Outro blog que não conhecia falando do Rodrigo   If you enjoyed this article, please consider sharing […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: